quinta-feira, 1 de abril de 2010

Familia

A família é ou deve ser a celula mater da sociedade.
Uma família organizada e unida completa a educação primária, que é sua função , transmitindo aos filhos, segurança, independência, e autonômia.
No entanto numa família problemática, individualista, com vicio e desunida, onde os pais principlamente não se amam e não amam os filhos,ou amam materialmente e não espiritualmente, a possibilidade de se ter filhos com problemas é muito maior. Problemas todos nós temos, mas devemos tentar resolvê-los,na medida do possível, caso contrario eles se acomulam, e aí fica muito mais complicado a solução.
A principal função da família é transmitir a educação primária, a base do alicerce , e a da escola é a transmissão da educação secundária, mas a famlia diz que a escola não educa como deve e a escola diz que a família não educa mais, não adianta jogarmos a responsabilidade de um para outro, ambos tem responsabilidades, e se cada um fizer a sua parte , todos ganham.
Educar é muito difícil, principlamente nos dias de hoje, com os estímulos que as crianças e os adolescentes recebem diariamente, mas existem principios básicos para uma boa educação geral que são :

Autoridade do adulto , mas sem autoritarismo.
Disciplina , com ordem e organização sem excessos ou punições infrutíferas.
Limites, saber dizer sim e o não no memento adequado e com responsabilidade.
Amor, querendo o bem do outro.
Carinho , com sinceridade e reconhecimentos.
Atenção, com toques e qualidade de tempo e não quantidade material .
Respeito , sempre mutuo , e com bons exemplos .
Tudo isso temperado com muito DIÁLOGO e paciência .

Liberdade com responsabilidade também é muito importante, pois os filhos não pediram para nascer, uma vez que foram colocados no mundo cabe aos pais lhes transmistir educação, cultura, religião, saúde etc. , de outro lado os filhos também, precisam compreender que a vida está muito difícil, e precisam colaborar com os pais, e saber que as mentiras desnecessárias podem trazer sérios prejuízos.
Muitos adolescentes envolvidos pelo mito do herói, acreditam que nada de ruim pode acontecer com eles , mas com todo a violência e impunidade reinante, ninguém está seguro , como vemos nos últimos acontecimentos e barbaridades cometidas por menores infratores impunes e psicopatas.
Uma relação saudável não deve ser como um jogo de tênis que é competitivo e sim jogo de frescobol , cooperativo .
Se você criança ou adolescente, por algum motivo não tiver o apoio dos pais, não tente fazer coisas para chamar a atenção, principalmente se forem coisas que vão prejudicar muito mais a você do que a eles. Pense em você, no seu futuro, nas suas possibilidades, assim não faça nada achando que vai prejudicar outras pessoas, pois o maior prejudicado com certeza vai ser você mesmo.
Os problemas não estão somente na criança ou no adolescente, o problema é familiar e as vezes escolar e social , por isso o melhor é fazer terapia familiar, orientando a todos tanto na família quanto na escola , assim todos crescem e se desenvolvem, não adianta procurarmos “bodes expiatórios “, todos são responsáveis, somente assim os problemas poderão ser resolvidos, compreendidos e aceitos.
Segundo Jung “ O principal objetivo da psicoterapia , não é transportar o paciente para um impossível estado de felicidade , mas sim ajuda-lo a adquirir firmeza e paciência diante do sofrimento. A vida acontece num equilíbrio entre alegria e a dor ” .
Devemos educar e receber educação sempre .
Feliz 2004 para todos com saúde, paz e prosperidade e com muita educação ...


Marco Antonio Garcia
Psicólogo Clinico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sofrimentos                                                                                                          O ser humano co...