segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Filhos

ARTIGO PARA O JORNAL “ O SEMANÁRIO DA ZONA NORTE ”

Filhos ter ou não ter, eis a questão !

È obvio que é maravilhoso ter filhos, mas depende do momento, do planejamento, da estrutura do casal tanto afetiva quanto financeira. E quantos ter: um, dois três ou mais.
Quando o casal decide ter um filho, transformam a vida dois, podendo até gerar uma crise conjugal ou existencial , provavelmente por não terem experiência e planejamento, que também só terão na pratica, pois experiência é um túnel com a luz voltada para traz, pois para frente temos apenas uma lanterna . Quando o filho ( a) vem sem ter sido esperado, ocorrendo por acidente sexual, entre namorados ou casais sem estrutura para criar e educar , a situação fica mais difícil principalmente para a mulher que acaba carregando o fardo maior por mais colaborador que o homem pai seja. Por isso é muito importante o casal refletir sobre o momento para terem um filho , senão pode ocorrer separações, conflitos , arrependimentos, assim deve-se prevenir antes e com responsabilidade.
Passo algumas dicas para os casais que querem ter um filho nos dias de hoje, pois a educação e acompanhamento do desenvolvimento estão cada vez mais difíceis.
1- Se informe , lendo conversando com pessoas mais experientes sobre o que é ter filhos e como educá-los.
2- Aceite ajuda para dividir as tarefas , quando precisar.
3- Os familiares como avós e tios podem ajudar, mas sem interferir na educação, sabendo que devem existir regras como: limites, autoridade, disciplina , com carinho , dialogo, compreensão e respeito mutuo.
4-Saiba que suas responsabilidades irão aumentar, pois a criança não pediu para nascer e a responsabilidade é dos pais.
5- O casal deve conversar muito participando da educação , sem ciúmes por parte do pai e nem abandono do marido por parte da mãe.
6- O casal vai adquirir mais um papel social que é de pai e mãe, mas não pedem esquecer que continuam sendo marido e mulher, parceiros, devendo continuar o relacionando, namorando e se divertindo , com responsabilidade.
7- Não atribua ao berçário , maternal ou pré a obrigação da educação, eles são complementares.
Ter filhos da muito trabalho para quem é responsável principalmente hoje em dia, e no futuro será cada vez mais difícil, por vários motivos, por isso pense muito antes de tê-los, para poder amá-los.


Marco Antonio Garcia
Psicoterapeuta Junguiano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

                                                         Amar a si mesmo Você se ama? Está feliz com sua vida? Procura tomar dec...