quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sexualidade

É na esfera da sexualidade que o ser humano tem de enfrentar suas maiores lutas com o tema da polaridade. É nesse setor que cada pessoa sente a sua imperfeição e procura pelo que lhe falta. Ela se une fisicamente ao seu pólo oposto e nessa união sente um novo estado de consciência que denomina orgasmo. Definido muitas vezes como felicidade, por isso é efêmero, e essa busca constante pelo prazer faz o ser humano se encontrar e se perder em si mesmo.
A sexualidade tão natural e tão questionada, e cheia de preconceitos, moralismos, modismos, abusos, medos, complexos, exploração, dúvidas, informações deturpadas e não assimiladas e mal compreendidas pelos jovens principalmente . Impulsos incontroláveis em busca de prazeres irresponsáveis, muitas vezes. Um paradoxo, o desconhecimento de algo tão intimo e ainda um tabu , que leva muitos a promiscuidade, correndo riscos até de morte devido a violência, ou por doenças sexualmente transmissíveis.
Sexo é prazer, desejo, felicidade, mas também é proibição, perigo, culpa, repressão, prostituição e perversão.
Os meios de comunicação exploram a sexualidade, sem limites, e sem respeito moral, visando apenas a audiência, expondo mulheres que se expõe, pela necessidade de estar em evidencia na mídia, em busca de um sucesso efêmero e agressivo, apesar de prazeroso . Enquanto isso as crianças são provocadas eroticamente, sem compreender e sem estarem preparadas para um mundo as vezes cruel e descartável. Na cabeça do jovem paira mais duvidas que certezas, principalmente quanto a:
Homossexualismo, aborto , gravidez indesejada, doenças sexualmente transmissíveis, métodos contraceptivos ( camisinha, pílulas, etc ), masturbação, menstruação , puberdade, namoro, casamento, orgasmo, assedio sexual, virgindade, valorização do corpo e da aparência e etc. Vejam quantos temas podem ser desenvolvidos a partir da sexualidade, por isso, por mais informações que tenhamos, nem sempre conseguimos assimilar no momento do prazer.
A psicologia sabe que a questão sexual, é fonte de angustia principalmente para os jovens mas também para o adulto e os idosos, todos estão em busca de caminhos para sua sexualidade, e a do seu parceiro (a) .
O homem é diferente da mulher em relação a sexualidade. O homem quer conquistar, saciar seu impulso e desejo sexual, ter prazer o mais rápido possível. A mulher quer seduzir, ser sexy, ser amada, protegida, garantir a perpetuação da espécie com homens sadios, fisicamente, materialmente e psicologicamente.
Muita confusão se faz entre amor e sexo . Acredito que o melhor é praticar o sexo com amor e não apenas instintivamente ou apaixonadamente, sem responsabilidades.
Dizia Foucault, que o domínio do discurso é também uma forma de poder. Domina-se a fala da sexualidade hoje em dia, mas, quanto a prática da sexualidade esta é tão reprimida ou tão liberada quanto a sexualidade no século passado, ou como na bíblia ou na mitologia grego romana.

“ O adolescente considera tudo o que é mais antigo do que ele , como arcaico e obsoleto, ao passo que tudo seu é novo e criativo, algo que sem duvida dará certo. Essa praga só pensa em sexo e contestação “

Essas palavras parecem bastante recentes , no entanto foram encontradas, em papiros na Mesopotâmia há pelos menos 3.000 anos A . C .
Assim a sexualidade é inerente ao ser humano independente de época, no entanto respeitando o momento histórico presente.
O que acontece é que hoje em dia devido a facilidade de comunicação e globalização , tudo está mais exporto e com menos repressão, e como a sociedade permite. No entanto vivemos momentos de impunidade , perda de valores morais e éticos, ritmos musicais que liberam fantasias sexuais , transformadas em realidade, marginalizando nossos jovens .
Também não vamos generalizar , a maioria das pessoas e jovens principalmente, são conservadores e possuem um policiamento interno , onde desejo e culpa se confundem.
Ter relações sexuais seguras é bom e saudável ! ...
Sexualidade é uma questão social e individual, que envolve também liberdade com responsabilidade sem libertinagem .
PENSE NISSO !!...


Marco Antonio Garcia
Psicoterapeuta Junguiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

                                                         Amar a si mesmo Você se ama? Está feliz com sua vida? Procura tomar dec...