quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Saber ouvir e o dialogo na educação

Palestra proferida no 1º Fórum de pais e educadores no Colégio Passionista São Paulo da Cruz em 12/09/2007.

Etimologicamente, educar significa “conduzir para fora”, permitir que o outro seja, preparar o individuo para o mundo.
Na educação dos filhos, o provérbio “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”, não se aplica, pois na infância aprendemos através de exemplos, imitação e atitudes observadas. No entanto existem regras e princípios para uma boa educação que são:
• Disciplina, autoridade e limites.
• Atenção, carinho, respeito, diálogo.
Deve-se educar como equilíbrio sereno e bom senso.
Estar aberto a novas aprendizagens faz parte do processo evolutivo , portanto aprenda sempre...
Para conseguirmos uma boa educação dos filhos, deve-se planejá-la antes do nascimento, desejando-o. Envolvendo-se no seu cotidiano, dialogando e ouvindo, oferecendo tempo com qualidade, orientando de acordo com a idade.
Melhor aprender pelo Amor do que pela Dor.
Eduque para o mundo com autonomia, independência e responsabilidade. Acompanhe a evolução e aprenda com os filhos.
Exija respeito e não medo.
Preserve os valores morais, quem ama educa .
Família e escola devem estar juntas no processo educativo.
Educar é uma arte.
Ame cada filho de um jeito, respeitando sua individualidade e personalidade.
Fique atento a mudanças comportamentais dos filhos, dialogue e ouça-o.
Não generalize situações e seja preventivo , continue aprendendo.
Se estiverem na puberdade ou adolescência, saiba que estão em processo de transformação e com conflitos sociais, emocionais, profissionais e biológicos.
O adolescente está em busca de desafios e muitas vezes sem limites, por isso não estimule a impunidade, dê direitos mas exija deveres.
Tenha tolerância, não faça comparações entre os filhos nem estimule competições. Temos o livre arbítrio mas muitas vezes somos levadas pela mídia com as propagandas a sermos escolhidos ao invés de escolhermos.
Ouça a letra da musica “Pais e Filhos” do Grupo Legião Urbana, com os filhos e reflita sobre.
Conflitos existem, utilize estratégias para contornar situações.
Seja positivo e realista.
Pense na Lei da Atração.
Se aceite, respeite seus limites . Pense com o coração.
Finalizando, saiba que a felicidade está nas pequenas coisas e nas mais simples, o dinheiro compra conforto mas não felicidade.
Faça o gosta, gostando do que faz.
Tenha amor próprio.
Perdoe, se perdoando.
Ame ao próximo como a si mesmo.
Você merece viver bem, mas aprenda sempre.


Marco Antonio Garcia
Psicólogo e psicoterapeuta Junguiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Benefícios do Pensamento positivo Somos o que pensamos e acreditamos desde a infância. Sabemos que os tempos não estão fáceis, mas ...