quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Liderança

Palestra proferida na ARLS Horus 459 em 2006

O verdadeiro líder é aquele que sabe servir.
Para escrever sobre liderança, vou me basear no livro “ O Monge e o Executivo “ de James C. Hunter, por achá-lo bastante bom nessa área, e o que é bom e útil deve ser passado para frente.
Um bom líder deve ter habilidade de influenciar pessoas para trabalharem com vontade visando atingir os objetivos para o bem comum do grupo.
Pessoas agente lidera, coisas agente gerencia.
A necessidade de poder do ser humano é muito grande, mas há diferença entre poder e autoridade: no poder você coage o outro através da força ou medo para realizar a sua vontade mesmo que ele não concorde, na autoridade você convence a pessoa a fazer com vontade e prazer às coisas através do seu carisma e respeito.
Segundo o autor devemos concretizar nossos objetivos através das tarefas e dos relacionamentos, aplicando a teoria na pratica.
Devemos ser flexíveis nos nossos objetivos, caso contrario não superaremos os obstáculos. As mudanças e melhorias são constantes, muitas vezes os obstáculos são sugestões e respostas para nossas metas.
Precisamos saber destingir a diferença entre vontades e necessidades. Nem sempre o que queremos é o que precisamos.
Para liderar precisamos de um modelo como: Liderar com autoridade, a serviço do outro até com sacrifício, porem com amor e vontade.
Liderar é um ato de amor ágape, isto é, com caridade, compreensão e solidariedade.
No entanto para ser um verdadeiro líder com amor é preciso ter algumas características como:
Ter paciência com os liderados, tendo autocontrole perante as situações de adversidade.
Ter bondade, um bom líder dá atenção, valoriza elogia em publico e orienta em particular, age com sabedoria.
Ser humilde sendo autentico, dizendo a verdade sem arrogância ou sendo vaidoso e orgulhoso.
Tratar os outros com respeito, como gostaria de ser tratado.
O bom líder deve ser um abnegado, não sendo egoísta, satisfazendo as necessidades dos liderados.
Saber perdoar, compreendendo tendo compaixão não guardando ressentimentos ou rancores, quando enganado, pois o perdão alivia mais a quem concede do que quem o recebe, mostrando grandeza de espírito.
Ser honesto, dizendo a verdade, sem enganar e sim ajudando no crescimento pessoal.
Ser cumpridor dos compromissos assumidos, isso é muito importante, pois gera confiança e estabilidade no grupo, sem ser controlador, delegando e supervisionando.
O líder que conseguir aplicar todas essas habilidades vai conseguir de forma altruísta, realizar as vontades e necessidades do grupo e fazendo que realizem suas tarefas com amor ágape, tornado a vida mais prazerosa e feliz.
Lembrando que o grande segredo da vida é a Lei da Atração, pois somos o que pensamos e fazemos, por isso pense sempre positivamente.


Marco Antonio Garcia
Psicólogo e psicoterapeuta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

                                                         Amar a si mesmo Você se ama? Está feliz com sua vida? Procura tomar dec...