quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Fofoca

ARTIGO PARA O JORNAL “O SEMANÁRIO DA ZONA NORTE “

Todo mundo gosta de fazer fofocas , no entanto elas podem ser leves ou pesadas; sempre se fofocou, é uma característica humana falar da vida alheia, fazer mexericos, intrigas, mas por que ?
Será por inveja, ciúme, maldade, falta do que fazer, despeito . Pode ser um pouco ou muito de cada coisa, mas na verdade fazer fofoca é instintivo , existe a mais de quatro milhões de anos, é instinto de preservação da espécie dizem os estudos .
Fofoca saudável é a busca de boas informações, para si e para os seus próximos, é querer saber o que o outro faz e se for bom também fazer , mas sem destruir ou prejudicar , pois a inveja pode ser positiva ou negativa, assim também ocorre com a fofoca.
Aqueles que tem interesse pelo que acontece com os outros levam vantagem sobre os que não dão importância.
Lembram daquela frase “nem te conto “, portanto esteja sempre bem informado.
Homens preferem ler ou falar sobre homens, e são um pouco menos fofoqueiros , e suas fofocas são de caráter competitivo , sobre finanças e habilidades de outros homens.
As mulheres falam e lêem sobre mulheres,desde crianças , falam de tudo e sobre todos, gostam de falar da infidelidade conjugal e da promiscuidade sexual de outras mulheres gostam de falar sobre pessoas famosas na sua faixa etária . Ao difamar uma rival, a mulher espalhando que ela é infiel ao parceiro , ela pretende afasta-las dos homens provedores, dizem as pesquisas. Ainda bem que existem os testes de DNA atualmente, não é verdade ! .
As pessoas se sentem ameaçadas e tentam se proteger dos ataques alheios. Enquanto falam dos outros, estão evitando ver seus próprios defeitos e se defendem projetando nos outros as suas dificuldade não resolvidas , isso em excesso não é bom , pois é neurótico, aquela pessoa que fica na janela bisbilhotando a vida alheia em excesso é uma pessoa doente psicologicamente falando.
Os sete pecados capitais todos nós temos, um pouco de cada um, o que não é bom é ter muito de um só; por exemplo : ser muito vaidoso, muito orgulhoso, muito ciumento
muito invejoso , muito avarento, muito guloso, muito irado .
As fofocas são mais comuns entre familiares e amigos , saber do outro nos dá conteúdos e informações para possíveis desavenças e para nos protegermos , enfraquecendo o outro ; atacar para não ser atacado ou pelo menos se proteger contra possíveis traições, e futuras inimizades.
Enfim fofocar faz parte da convivência humana, desde que não se prejudique o outro , pois quem com ferro fere, com ferro quente será ferido.
Não faças ao outro o que não gostaria que fizessem com você. , mas também não seja bobo, fique ligado .


Marco Antonio Garcia.
Psicólogo Clínico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sofrimentos                                                                                                          O ser humano co...